Menu

Pedras Altas está entre as cidades que decretaram situação de emergência 

04 JUN 2017
04 de Junho de 2017

O secretário de Agricultura e coordenador da Defesa Civil de Pedras Altas, Sérgio Madruga Furtado, disse que após o registro de 167mm de chuva em 24 horas, comunidades ficaram isoladas, uma vez que a estrutura de pontilhões e estradas ficaram danificadas. Estudantes de educandários localizados em áreas atingidas tiveram as aulas suspesas por dois dias. "Estamos trabalhando para repor as pontes. Um levantamento sobre o que vai ser necessários em obras começa a ser feito hoje (sexta)", sinalizou.

Pastagem para gado de corte e de leite também sofreu com a ação da chuva. Furtado lembra que a colheita de abóbora e milho estava no início, e pode contabilizar prejuízos. Ainda segundo o secretário, devido à falta de energia elétrica durante cinco dias, boa parte da produção de leite não poderá ser aproveitada. O prejuízo total deverá ser calculado até segunda-feira. O decreto ainda não foi homologado, pois o município prepara a documentação.

Na sexta-feira (2), o chefe da Casa Militar e coordenador estadual da Defesa Civil, coronel Alexandre Martins, divulgou balanço da situação no Estado, em reunião com o governador José Ivo Sartori, no Palácio Piratini. Nos registros atuais, subiu para 44 o número de municípios gaúchos que decretaram situação de emergência.

Municípios que decretaram situação de emergência

Barão de Cotegipe, Barros Cassal, Boa Vista das Missões, Boqueirão do Leão, Campo Novo, Casca, Coronel Bicaco, Cristal, Cristal do Sul, Dom Pedrito, Garruchos, Gentil, Ibirapuitã, Inhacorá, Irai, Itaqui, Lagoão, Maquiné, Miraguaí, Paim Filho, Panambi, Pedras Altas, Pirapó, Ponte Preta, Porto Mauá, Porto Xavier, Roque Gonzáles, São Borja, São Jerônimo, São José das Missões, São Nicolau, São Sebastião do Caí, Sertão, Sinimbu, Soledade, Tenente Portela, Terra de Areia, Tiradentes do Sul, Três Arroios, Três de Maio, Três Passos, Tunas, Uruguaiana e Vila Lângaro.

Voltar

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.

Tenha você também a sua rádio