Menu

Paralisações de caminhoneiros começa a afetar abastecimento em Herval 

04 AGO 2017
04 de Agosto de 2017
As manifestações dos caminhoneiros já começam a afetar o abastecimento de combustíveis em Herval. Nossa reportagem esteve em dois Postos da cidade e a informação é que Diesel já está em falta e Gasolina previsão até o fim da tarde desta sexta-feira ou mais tardar no sábado pela manhã irá se esgotar também em Herval. Somente na BR-392, próximo ao acesso a Pelotas, na manhã desta sexta-feira (4) já eram registrados mais de 400 caminhões parados.

Por volta do meio-dia, eram 19 pontos de manifestação nas estradas gaúchas, segundo informações da Polícia Rodoviária Federal. Os caminhoneiros protestam contra o aumento dos combustíveis e reivindicam a criação de um piso para o valor da carga. Além disso, querem a criação de um regime de aposentadoria especial e mais segurança nas rodovias.

E Camaquã, uma criança ficou ferida durante um protesto durante a paralisação na BR-166, por uma pedra arremessada por manifestantes.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, estes eram os pontos de manifestação, com retenção de caminhões, na tarde de sexta-feira (4):

BR-116, km 427, em Cristal

BR-116, km 401, em Camaquã

BR-285, km 273, em Mato Castelhano

BR-468, km 0, em Palmeira das Missões

BR-468, km 99, em Três Passos

BR-116, km 455, em São Lourenço do Sul

BR-392, km 140, em Canguçu

BR-392, km 297,9, em São Sepé

BR-293, km 247, em Dom Pedrito

BR-392, km 18, em Rio Grande

BR-392, km 62 e km 66, em Pelotas


Voltar

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.

Tenha você também a sua rádio