Menu

Pref de Piratini muda sistema de controle de combustível para a Sec. de Saúde

08 JUL 2019
08 de Julho de 2019

O prefeito Vitor Ivan Gonçalves Rodrigues (PDT) informou que, diante do novo caso de falta de combustível nos carros da Secretaria Municipal de Saúde que transportam durante seis dias por semana pacientes para Pinheiro Machado, Jaguarão, Pelotas, Rio Grande e Porto Alegre, situação que ocorreu duas vezes, sendo uma em 2018 e uma este ano, e que o levou a dar explicações recentes aos vereadores, ele decidiu fazer mudanças no tocante à administração da quantidade a ser usada em cada carro.

A partir de agora, a própria pasta a qual os veículos pertencem vai definir a quantidade de gasolina e óleo diesel a ser usado, e não mais o setor até então responsável por esta parte e que continuará coordenando o abastecimento das outras secretarias.

“Decidimos repassar à Saúde essa decisão de quantos litros de combustível são necessários para todos os trajetos a serem realizados, o que na verdade de certa forma já ocorria, mas agora a secretaria vai trabalhar com uma margem de segurança, ou seja, será abastecido um pouco mais do que normalmente é usado para percorrer determinada quilometragem”, explicou o prefeito.

Para Gonçalves, os dois casos ocorridos e que vieram a público porque os motoristas usaram as redes sociais para postarem seus descontentamentos após ficarem no meio do caminho durante as viagens, estão dentro de uma margem aceitável diante do número que ultrapassa duzentos dos deslocamentos mensais e que proporcionam a pacientes usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) se deslocar para exames, cirurgias e internações.

“Não há falta de combustível, e entendo que isso pode acontecer, e agora estamos tomando essa providência na tentativa de evitar que isso torne a ocorrer”, finaliza.


Voltar

Clique aqui pa

Tenha também o seu site. É grátis!